E ai? Já ouviu falar de bibliotecas onde você poder emprestar e devolver roupas?  Pois é, as bibliotecas de roupas já fazer o maior sucesso na Europa, Austrália e Estados Unidos, e a tendência desses mercados é só crescer. Afinal, é em prol não só do seu bolso mas também do consumo consciente! 

Talvez vocês já tenham escutado falar do "Lowsumerism", onde as pessoas compra menos, ou talvez do "Normcore", uma tendência muito útil, onde o lance é vestir roupas básicas que combinam entre si facilmente. Eu posso falar pra vocês sobre essas tendências nos próximos post.

Mas agora, voltando ao assunto sobre as bibliotecas de roupas, é uma alternativa pra pessoas que não gostam de roupas básicas, e não tem se dado bem com o "Normcore".  Eu mesma, particularmente, adoro coisas "diferentonas" também, toda a questão da arte envolvida em forma de roupas, e já compro em brechós à alguns anos, mas a ideia de poder ter um cartãozinho e alugar e devolver roupas me parece genial e espero que negócios como este cresçam, por isso estou aqui escrevendo este post :)

Vamos lá, conheça alguma dessas bibliotecas e como elas funcionam. Tem bibliotecas onde você pode alugar roupas de luxo, tem algumas onde você fazer sua "carteirinha" e por ai vai...

Nos Estados Unidos:

Tem a Albright Fashion Fashion Library, foi uma das primeiras a existir. Aluga peças de luxo. O interessante é que lá tem roupas pra tudo que é tipo de ocasião e não só aquelas roupas que você aluga quando tem um casamento pra ir. http://albrightnyc.com/


Tem a Rent The Runway  como se fosse uma locadora, só que de roupas das basiconas até marcas caríssimas! Site: https://www.renttherunway.com/


E tem também a Bag Borrow or Steal que apareceu no filme Sex and The City, lembram da assistente da Carrie Bradshaw, interpretada por Jennifer Hudson,que alugou uma Louis Vuitton? É um lugar onde você aluga bolsas. Site: http://www.bagborroworsteal.com/


Em Amsterdã: Temos a Lena Library, talvez seja uma das mais famosas bibliotecas de roupa, segundo eles o problema da industria da da moda, é a compra excessiva. É aquela velha história: "Fast fashion is like fast food" Site: http://www.lena-library.com/


No norte da Europa você encontra bibliotecas como a The Wardrobe especializadas nos estilo vintage. O mesmo acontece na Finlandia, na Vaatelainaamo: 


No Brasil, tem uma "roupateca" em São Paulo, conhecida como: House of Bubble  Site: http://www.houseofall.co/ 


Estes são só alguns exemplos, pesquisando na internet, dando aquela "Googlada" básica você encontra mais negócios em crescimento como estes.



Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com


Não, você não leu errado não. Isso é real. Uma ONG chamada "Made In A Free World" que luta pelo fim do trabalho escravo no mundo, criou este site:

Segundo a organização: "29 milhões de pessoas eram vítimas da escravidão até 2014. Muitas dessas pessoas participaram da confecção de nossas roupas, computadores, smartphones e até mesmo dos alimentos que consumimos."

Ok, essa é a parte que você pensa: Claro que você (e todo mundo que a cabeça no lugar) jamais comprariam tais coisas. Mas na realidade, não funciona assim. E quase todos nós temos derivados. E calma, se você não sabe que existem escravos, o site também te explica!

Neste site, você sabe quantos dos produtos que você tem (e usa) vieram de trabalho escravo. É só você fazer este pequeno teste, e ele te mostra.

Inclusive em cada etapa do "teste" o site  te dá informações.

Ao final do teste, aprecem as empresas que você usa que usam o trabalho escravo, você tem a opção de lhes enviar um email. :) Não esqueça de apertar SEND. :)

Link para o site: http://slaveryfootprint.org/

Algumas imagens de como funciona:

Você coloca sua idade, onde você mora e etc.

Se tem filhos ou não e o que eles consomem: 

Se você aluga sua casa, vive viajando ou é dono. E quais e quantos cômodos você tem.


Tudo o que você come...



Até tudo que tem no armário do seu banheiro!



Via Hypeness

Eu já tinha falado sobre este assunto no post: "Sobre comprar em brechó" clique aqui para ler: http://www.sofiapiassi.com/2015/04/brecho-primavera-saint-vicent-de-boisset.html


Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este no SofiaPiassi.com! Um beijo! 



Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com

Oi gente, alguns dias atrás eu entrevistei uma blogueira que vem fazendo o maior sucesso na rede mundial de computadores.

Se seu sucesso é dado pela sua carisma e vontade de fazer (e propagar) o bem, ou pelo seu cabelo ruivo e seu estilo ou simplesmente por que ela é legal, ainda não se sabe. Mas o que sabemos é que Martinha em poucos meses conquistou quase 5 mil fãs no Facebook, quase 10 mil no Instagram (fora seu fã clube de 1000 seguidores!)

Eu conheci Martinha por um grupo de blogueiras no Facebook. Já havia algum tempo que eu queria trazer uma blogueira para dar um entrevista por aqui. Embora eu tenha muitas amigas e conheça blogueiras esplendidas. Decidi convidar Martinha para esta entrevista devido ao fato de que (acredito eu) todos a conhecem agora, o motivo: Ela está sempre aí, dando dicas, sendo bacana com quem vier. Motivo número 2: Ela e mais 4 blogueiras estão com um projeto chamado "Pode Desabafar" onde você manda um e-mail e elas te ajudam! O e-mail: pdresponde@gmail.com  

Mais informações:

Vamos logo à parte interessante! Entrevista! Meus comentários estarão em negrito, como sempre! 

Apresentando-se: Nome, idade, hobbyies, signos etc..

Olá! Chamo-me Francisca Marta, ou Martinha mesmo. Sou taurina, tenho 19 anos, técnica em edificações, estudante de Engenharia Civil, fã de MPB, mas viciada em raps nacionais. Sou sertaneja, mas fui criada em João Pessoa, capital da Paraíba.


Martinha, você se considera uma escritora amadora? Desde quando escreve?

Não diria que sou escritora, acho uma falta de respeito com os grandes ícones da literatura brasileira. Para me considerar, mesmo que amadora, preciso melhorar um bocado ainda.

Escrevo desde os meus 10 anos, aos 12 fazia poesias e levava pra um professor de português ler e me ajudar com métrica.

Pratica algum outro tipo de arte? Outros talentos?

Não, hahaha, antigamente eu pintava e desenhava, até fazer edificações e parar de gostar de desenhar (acho que tive um trauma grande com um professor e parei).


Quando criou seu site? Por que? Qual é a ideia/projeto para seu site no momento?

Criei em novembro de 2015, uma amiga me incentivou a postar os meus escritos em um blog. Falou que era melhor do que no tumblr. Aí, criei! Penso em usá-lo para ajudar mais as pessoas, sabe? Queria tanto que as pessoas se sentissem bem ali, encontrassem as respostas que precisam.

Você já tinha o tumblr à muito tempo? Mande o link pra gente!

Sim, desde 2010 ou 2009. Não lembro bem quando criei haha http://elev-ar.tumblr.com/

Legal! Ele fazia bastante sucesso? Achei uma coleção bem legal que você tem lá no tumblr, tipo um painel semantico, mas de textos. 

Alguns faziam sim, outros não! Tive um texto bem re-blogado sobre amizade haha fiquei tão feliz.

Qual? Pode mostrar? Entendi, no blog então tem textos e escritos? Ou só textos?

Só textos (por enquanto) kkk

Qual a diferença entre os escritos e textos?  

Não tem muita diferença. Escritos, na minha opinião, são os mais poéticos. Textos os mais reflexivos... Que no caso, são os que eu posto no blog.


Você gosta de ler? Quais livros? Brasileiros ou gringos?

Olho D'Água 

Eu amo ler! Desde pequena os livros sempre foram meus melhores amigos. Sou apaixonada pela literatura brasileira, acho até que deveria ser mais reconhecida. Porém, também leio livros gringos.

Francisca Marta? Por causa de São Francisco?

Francisca Marta foi uma promessa a uma santinha de uma cidade bem próxima a que eu nasci. O meu nome era Veronica de Lourdes, mas com poucos dias de nascida, adoeci e a médica disse ao meu pai que eu não teria como sobreviver. Então, como fiel, minha mãe fez uma promessa pra que se eu ficasse boa e se isso acontecesse, mudaria meu nome para Francisca Marta. Cá estou eu!


Agora vamos falar um pouquinho mais sobre ser blogueira.  Achei que seria legal você comentar sobre como cresceu, em tão pouco tempo, por que isso também chamou muito a atenção. Cada pessoa que tem seu próprio blog, tem um desejo de mostra-lo/divulga-lo/espalha-lo pelo mundo, seja quais forem os motivos comerciais, vendas, pessoais, promoção pessoal ou também pra espalhar coisas boas, dicas do bem (sim gente, tenham mais fé no mundo)

 A grande questão é, "por onde começar". E você Martinha por onde você começou?
 Traçou um plano? Foi direto paras a redes sociais? Pensou em alguma outra mídia? Foi bem recebido pelas pessoas desde o inicio? Você já investiu em alguma rede social como o Facebook por exemplo?

Eu não sabia divulgar bem não, logo quando criei. Mas fui tirando as dicas das pessoas e aprendendo aos poucos. Passei a divulgar mais no G+

Fui direto para as redes sociais sim!! Na cara e na coragem hahaha mas claro, que com ética. Não fiz spam (Que é: Você jogar seu link onde não é pedido). Respeitei o espaço das pessoas, acho que isso me ajudou muito.

Já investi 10 reais na fanpage haha pra poder impulsionar publicação.

Apenas 10 reais? E conseguiu um bom retorno? Como fez pra página saltar para 4mil curtidas em apenas 2 meses? O conteúdo é muito interessante sim mas tem algum tipo de divulgação que você usou e gostaria de compartilhar com a gente?

Sim!! Tive um ótimo retorno.

Meus 4 mil likes foram mais por causa de uma postagem que viralizou e teve o alcance de 1.800.0000

Ah! Foi a  postagem sobre o atentado em Paris..Mariana... Aliás, no mundo todo né?

Simmm

Que bacana! Antes da gente terminar a entrevista, vi que agora você também tem um canal. É normal que blogueiras tenham canal (calma gente, na próxima entrevista trarei uma youtuber pra falar sobre o assunto!)

Pode dar alguns "spoilers" pra gente? Do que vem por aí? 

Ele vai ser que nem o blog! Vai ter reflexões, séries, livros, cabelo (porque né kkkk). Mas também, terá um pouco do projeto (pode desabafar), onde a gente responde desabafos das pessoas e elas que escolhem se podemos publicar ou não.


Series! Eba! (também já gravei alguns videos sobre séries, gente, grande vício! Em breve postarei por aqui!)

Sobre ser blogueira: Acontece que, estamos expostas na internet, e conhecidos e desconhecidos comentam o que quiser. Ja teve problemas com isso? 

Soube lidar bem isso? Inclusive, não saber lidar com isso também é super ok tá gente (para blogueiras(os) que estejam lendo esta entrevista). A pessoa é que esta sendo maldosa. A culpa não é sua por não saber. Mas precisamos de algumas informações, aliás, uma serie de informações, para conseguirmos lidar melhor com isso, sugere algumas Martinha? Ah e não esqueça de mandar dicas pra galera que também tem blog, blogueiros e blogueiras, e claro, recadinho para os fãs

Eu não sei lidar com ódio. Nunca soube. Principalmente por ser emotiva demais. Mas de algum tempo pra cá, venho aprendendo a lidar com isso. As pessoas acham que somos robôs, que temos que aguentar tudo que elas falam, as opiniões dela sobre a nossa vida e etc. Contudo, o melhor a se fazer é: ignorar ou responder com amor. Ódio a gente paga com amor.


Essa foi Martinha Barreto, para o SofiaPiassi.com, mais entrevistas como estas você pode encontrar por aqui.



Caso queira acompanhar a Martinha:


Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este no SofiaPiassi.com! Um beijo!


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com


Como já dizia a minha irmã: "A Sofia desconhece o botão STOP", e depois do post refrescante sobre a patinação no gelo, e depois do vídeo sobre o mesmo, resolvi separar alguns filminhos pra dar uma sensação de frescor pra vocês.

 Minha mãe tem reclamado bastante que no Brasil tem feito uns 40 graus, e eu senti que deveria fazer algo sobre isso, já que meus amigos e família estão aproveitando o verão (enquanto eu to congelando na neve. E isso não é tão glamouroso quanto parece)

Vou deixar aqui minha indicações, sem grandes sinopses nem nada do tipo e apenas o link para o trailler e poster. Por que conheço gente que mal gosta de saber o nome do filme, e prefere que tudo seja um suspense. hahahahhaha

Estão vamos lá, o filme ganhador do título de aparecer em primeiro nesta lista, baseado no meu gosto pessoal duvidoso, é: FROZEN!

 Olha, a primeira vez que eu ouvi falar sobre Frozen foi quando eu encontrei a Rampinii (sim, com dois "i"s) no shopping, e quando perguntei pra onde ela estava indo ela me disse: "To indo no cinema, assistir Frozen, olha, tá um calorão essa semana!"
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=iWNQrZrz4Qc



Fargo Este filme foi uma idicação de uma amigo que cursou cinema, e é muito fã dos irmãos Coen. Tanto o filme de 1993 quanto a série atual, são bem congelantes.
Jamaica abaixo de zero: Essa galerinha aprontava todas na sessão da tare. O filme foi inspirado (vagamente) em uma história real. A comédia também ficou famosa pela música: "I can see clearly now", do Jimmy Cliff.
Resgate Abaixo de Zero: Ou melhor, cães abaixo de zero, este é outro filme assim como Jamaica abaixo de zero, que costumava ser clássico na sessão da tarde. MAS, contudo,  porén, entretanto, este filme é mais voltado ao nosso emocional, ao drama e a fofuridade canina. Fora isso, tem Paul Walker minha gente! Que já havia conquistado nossos corações desde Velozes e Furiosos. Grande Paul,  que Deus o tenha. :)
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=gGmu8xFKiH0



A invenção de hugo cabret: Eu assisiti este filme durante a noite de ano novo, que aqui na França comemoramos com a família, como se fosse natal.

Pois bem, família reunida, jantando na sala, televisão ligada, e quando isso passava este filme. Todos vidrados. O filme prendeu a todos nós, ali, que saímos da mesa, e já fomos direto pro sofá! 

Outro fato interessante, eu só fui descobrir que era um que tinha Johnny Depp na produção e Martin Scorsese na direção, quando vi os créditos. 
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=R3N3vbbNwCQ


O iluminado: É do Kubrick, acho que não preciso dizer muita coisa. Sem contar que tem muita gente que ama este filme, vide a quantidade de memes e fotos na internet do Jack Nicholson com a cabeça na porta. (SPOILER ALERT: A foto de capa deste post também é parte deste filme)
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=Gus5-rAR3k0


Narnia: Não sou uma grande fã deste filme, mas eu sinto frio só de pensar neste filme, então acho que ele deveria estar nesta lista!
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=aPo7jIb-0kw




FILMES NATALINOS EM GERAL: 

- Expresso polar: Que entrou para o livro dos recordes (Guinnes Book) como o primeiro filme a ter a captura de imagens 100% digitalizada. E também foi o primeiro filme a ser lançado em IMAX 3D (fonte: wikipedia)
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=F3xyWxPMG7o



- Grinch: Quem não ama os famoso musical dos "Quems"?
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=p1P_giB0TKg



- Simplesmente Amor: Por que sim, sou fã de romances, e este então, são vários em um filme só. 
Link do trailler: https://www.youtube.com/watch?v=cYCkFTyADJ0




Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui, sobre filmes do excêntrico diretor Wes Anderson no SofiaPiassi.com! Um beijo!


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com