Como eu já falei no post anterior, eu comecei a praticar a patinação (patinagem, em francês) já tem alguns meses. 


Hoje eu resolvi postar o vídeo, que na verdade é um amontoado de vídeos que eu gravei, na patinação :) espero que gostem! Caso você ainda não conheça o canal, inscreva-se aqui



Caso você não tenha visto ainda, este é o vídeo anterior, sobre a viagem para Paris!



Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com
Oi gente, tudo bem com vocês. Como todos sabem, (já falei aqui no blog) o ano letivo na França começa em setembro, eu comecei  a faculdade no ano passado, já entrei no ultimo ano por que já sou formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e também cursei um ano de Jornalismo. Enfim, desde que eu comecei a faculdade aqui eu resolvi aderir ao programa de esportes universitários. 

Funciona assim: Você paga 28 euros por ano (sim, por ano) e pode fazer todos os esportes que quiser dentro de uma lista enorme (sim, todos). Tem escalada, natação, tiro ao arco, tiro ao alvo, patinação no gelo, danças, musculação, tênis, futebol etc... A lista é longa. 

Eu gostaria de ter mais tempo pra fazer todas as atividades. Sempre que tenho um tempinho livre eu vou em algum desses esportes da lista, como escalada, danças e natação, que eu adoro. 

Mas o que mais me despertou grande interesse foi a patinação no gelo. Eu não falto uma aula, isso é serio. Tem sido importante para mim. Cada aula eu aprendo uma coisa nova, me sinto muito bem deslizando na pista. 






É difícil no começo, não vou mentir, você fica com medo, achando que vai cair e etc. Mas não chega a ser algo extremo, pra você ter uma noção, dá pra andar com o patins fora do gelo, ficar em pé e etc.





O negócio de se sentir bem e ser feliz na pista de patinação tem sido levado tão a sério que eu comecei a ir à Patinoire (pista) nos finais de semana, de vez em quando. É engraçado  ir ao final de semana, por que tem luzes, músicas, é igual uma discoteca. Me sinto igual a Madonna no videoclipe de sorry:


Reprodução
Com a minha cunhada <3



Com os primos :D



Mais fotos:









Mais fotos dos rolês de sábado na pista:






Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 



Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com

Oi gente! Postei, finalmente, o vídeo que gravei em agosto de 2015, em Paris :) Caso você ainda não conheça o canal, inscreva-se aqui


Esse é o primeiro vídeo que gravei em Paris, no começo do ano passado, caso queria ver: Aperte o play!



E aqui estão os posts de cada lugar que eu visitei:

- Planejando a viagem

- Museu do Louvre

- Museu do Louvre de novo

- Torre Eiffel

- Torre Eiffel, Rio Sena e Moulin Rouge

- Arco do Triunfo

- Em cima do Arco do Triunfo

-Notre-Dame

-Trocadero, Metrô e outras dicas

Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com
Ma oe! Tudo bem com vocês aí gente? :D Depois do post sobre expressões que os franceses falam, http://www.sofiapiassi.com/2015/05/ilustracoes-de-zelda-zonk-expressoes.html, e também do post sobre as novas gírias dessa nova era maluca: http://www.sofiapiassi.com/2016/01/novas-girias-palavras-internest.html. Hoje eu trago pra vocês mais palavrinhas bacanas, estas vindas diretamente da França! Vamos conheçe-las?


Dépayser: Quer dizer sair da sua zona de conforto. Ao pé da letra, seria "desorientar"


Nombrilisme: Olhando para o próprio umbigo



Vachement: Esses dias mesmo, me peguei dizendo "vacamente". Quer dizer "de verdade!/Pra valer"



Chauve Souris: Rato-Careca! É o jeito que eles chamam este rato voador, que conhecemos como Morcego.



Avoir le Cafard: "Estar com a barata", significa estar triste.



Chou: Quer dizer: Fofinho! Papai sempre chama as pessoas que ele gosta de xuxu, vendo ele fazer isso eu peguei esta mania, inclusive, meu grupo de amigos se chama "Xuxus das Sereias" já falei deles aqui neste post: http://www.sofiapiassi.com/2014/12/era-pra-eu-estar-dormindo-mas-estou.html Então posso falar que xuxu vem do francês "chou" e xuxu quer dizer 2x fofo(a)? :D




Ronronner: Ronronar. Ok, já temos essa palavra no nosso vocabulário, mas poderíamos usar mais o som que o gato faz! - até rimou-



Coccinelle: É Joaninha em Francês.



Dépanneur: Na França quer dizer reparador, o que chamados de "faz-tudo". Também é como os canadenses chamam aquela boa velha lojinha que chamamos de loja de conveniência.



Fonte: Babel


Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com
Oi gente! Adivinhem quem veio lá do Museu do Louvre direto aqui para o blog? Brincadeira, a Monalisa veio diretamente da Coreia do Sul! Brincadeira de novo, ela é Paulista minha gente! Agora chega de falação e partiu entrevista!



Bem vinda ao SofiaPiassi, Monalisa, conte-nos quem é você? Signo? Hobbies?

Oii eu me chamo Monalisa, tenho 22 anos e sou do signo de Libra, o mais indeciso de todos D: 

Tenho poucos hobbies, mas o meu favorito deles com certeza é viajar por aí. Gosto muito de artes e fotografia também.



Agora voltando ao assunto viagens/intercambios e etc... Como e por que você foi parar na Coreia do Sul?

Eu fui fazer intercâmbio na Coreia pelo Ciência Sem Fronteiras. Todo mundo acha que eu fui pra lá por causa do K-pop (até os coreanos achavam) mas juro que não era só por causa disso. Queria há muito morar na Ásia mas quase não há intercâmbios pra lá e os que tem são bem caros. Aí por sorte consegui ir pelo csf (eu só tinha uma única chance já que estava prestes a me formar e não estaria mais dentro dos requisitos). Na Coreia também tem muita coisa interessante pra quem faz design, que é a minha área, e olha, não me arrependi mesmo. 


Quem não adora um K-pop né? Nem que seja escondidinho?! Inclusive eu tenho um amigo que tatuou uma música do 2N1 em coreano na bunda, está escrito: "eu sou o melhor". Aqui o link pra quem quiser ouvir: https://www.youtube.com/watch?v=j7_lSP8Vc3o E você Monalisa, indica uma música pra gente?

Hmm posso indicar dois? Gosto bastante dessa musica https://youtu.be/utmykx9RUEw E dessa https://youtu.be/0rtV5esQT6I

O primeiro grupo é o meu favorito de paixão mesmo, ja ate conheci eles na Coreia, amo muito. E o segundo estreou recentemente e to gostando pra caramba.


Morou por lá muito tempo? Sozinha? Com familia? 

 Morei por 1 ano lá, numa cidade do interior chamada Ansan, junto com outros intercambistas que acabaram virando família, né. Dividi o dormitório com uma brasileira também pelo csf(Ciências Sem Fronteiras) no primeiro semestre e uma canadense no segundo. Nas férias fui pra Seul morar com alguns amigos num apartamento que dividíamos no centro da cidade.



Quais as grandes diferenças que você sentiu entre o Brasil e a Coreia do Sul?

A comida sempre será a maior delas, já que 98% de tudo tem pimenta e eu não comia coisa apimentada no Brasil de jeito nenhum, mas aí tive que aprender né. A língua também era um problema, mas com um pouco de mímica dava pra se virar. Com o tempo a gente vai melhorando um pouco na língua e consegue falar algumas coisas básicas e comprar comida e não se perder por lá. Ler também foi bem fácil já que o alfabeto deles é bem facinho e em menos de 1 semestre você já pegou tudo e sabe ler o que tá escrito nas placas. Atenção: ler não quer dizer entender, mas ok. Outra coisa também é em relação à tecnologia que todo mundo sempre suspeita como seja e sim: tem a conexão de wifi mais rápida do mundo e tem Wi-Fi grátis em qualquer lugar (o sonho das blogueiras haha). O transporte também é muito eficiente, então você consegue chegar rápido nos lugares sem depender de carro.



Qual a pior situação vc já passou lá/ E a melhor situação que já passou lá ?

A piorzinha que consigo lembrar foi quando eu e as minhas amigas estávamos voltando pro apartamento em Seul e já estávamos bem cansadas pois tínhamos andado o dia inteiro e já era bem tarde. A gente tava numa região relativamente perto de casa mas não perto o suficiente pra ir andando e não tinha uma estação de metrô perto. O jeito era pegar um táxi. Porém pegamos um no semáforo e falamos pro motorista o nosso destino, só que ele achou ruim que era muito perto e ficou xingando a gente de tudo quanto é nome ruim a viagem inteira, sem contar que ele foi mais rápido que o permitido. Mas a gente também xingava ele na nossa língua haha, não íamos deixar barato mesmo, não?

A melhor situação com certeza envolve K-Pop. Pra uma fã estrangeira é difícil ver o ídolo já que eles não vêm ao nosso país assim tão fácil como os artistas ocidentais, mas quando você tá na Coreia, é mais fácil saber onde encontrá-los. Várias vezes fui nos cafés dos meus ídolos e os encontrei lá (eu sabia que eles estariam lá porque normalmente eles falam que vão nas redes sociais) e assim a gente consegue conversar um pouquinho com eles e entregar presentes. Os shows também foram uma das melhores memórias que eu tive, já que são extremamente animados e eu me diverti pra caramba junto com as minhas amigas por lá.



Conte uma aventura que viveu por lá! 

 Tenho tantas... haha mas uma das que eu gosto muito foi quando eu e algumas amigas fomos pra uma cidadezinha no interior de outra província fazer rafting. Veja bem, eu não sou uma pessoa de esportes radicais, mas por alguma razão eu topei a ideia. Nessa época eu estava com o joelho machucado porque tinha caído de bicicleta duas semanas antes mas ainda assim fui. O lugar era lindo lindo! Afastado da cidade, na beira de uma estrada e a nossa pousadinha ficava bem na beira de um rio maravilhoso. No primeiro dia foi bem sossegado fazer o rafting já que estava todo mundo no mesmo barquinho e o professor ajudando. Mas no segundo dia íamos fazer o tal do canoeing e esse era bem mais difícil porque eram apenas duas pessoas em cada canoa e a gente sabia 
 era nada de remar hahaha! Uma hora a minha canoa atracou nas pedras e eu e a minha amiga tivemos que descer e empurrar, mas estávamos numa pequena cascata mas a correnteza era forte. Resultado: minha amiga caiu correnteza abaixo mas por sorte se segurou nas pedras e eu desci logo depois porém carregando a canoa e os remos. Foi bem complicado porque eu também não queria forçar muito o joelho e a água tava bem gelada naquele dia. Mas foi uma aventura e tanto, se eu pudesse faria de novo!


Eles recebem bem os Brasileiros(as) por ai? E você? gostou do jeito deles?

Sim, eles recebem muito bem. No começo eles são bem tímidos, principalmente aqueles que não falam outro idioma muito bem, mas ficam muito curiosos pra saber mais sobre você e o seu país. É uma boa hora pra quebrar esteriótipos. Uma coisa divertida era que as ahjummas (significa senhora, mas a gente usava mais pra senhoras de idade) me achavam fofa e sempre puxavam assunto comigo, mesmo sendo completas desconhecidas, mas elas animavam o meu dia.



 Como conseguiu seu visto? Foi difícil/complicado conseguir?

Não foi difícil conseguir o visto já que eu fui como estudante. Então no nosso caso o principal documento era a carta de aceite da universidade que eles mandavam pelo correio. A minha chegou dentro do prazo e logo levei pro consulado e em uma semana o visto estava pronto. 



Quais os pontos turísticos daí que você mais gostou de ir?

Eu gostei muito dos palácios que visitei, mas o meu lugar favorito era a Namsan Tower, uma torre que ficava no centro de Seul e de lá dava pra ver a cidade inteira. Lá tem muitos cadeados igual à finada Ponte das Artes em Paris, e é um lugar muito conhecido por ser o ponto favorito de encontros de casais. Eu não tinha par mas não importava, a vista lá em cima era lindíssima.



Fale dos estudos, da faculdade, das diferenças no mundo do design, técnicas e etc..

Para mim as aulas não foram tão complicadas já que eu era intercambista, então assim é tudo mais fácil, mas quando se é estudante regular, as coisas são diferentes, muitos amigos meus que estudavam lá diziam que os professores pegam bem pesado mesmo (embora no ensino médio seja pior). Na minha área eu consegui reparar o estilo vigente por lá. No começo eu fiquei meio encabulada porque era diferente do que eu tinha visto na minha faculdade no Brasil, mas ainda assim não era errado. Era bem interessante e o design realmente se aplica no dia a dia deixando tudo mais prático mesmo. Desde a beleza nos cartazes nas ruas até o modo de abrir do potinho de sorvete.



Pode dar uma dica pra galera que quer morar lá?

Estudem coreano, gente, pelo amor de Deus. Vai facilitar muito a sua vida por lá e ajuda muito a resolver várias burocracias, sem contar que ajuda muito a se integrar na sociedade e você não vai ser só "mais um estrangeiro" na sala de aula ou no trabalho. Eles apreciam muito quem sabe falar o idioma deles e sabe sobre o país deles, então se você mostrar interesse e o seu conhecimento, eles vão gostar muito e te ensinar mais. 

O que você acha que tem lá que talvez seria bom que tivesse no Brasil, e vice versa?

Muita coisa. Se eu pudesse pegar o metrô de Seul e trazê-lo pra São Paulo, eu certamente faria isso, porque é muito eficiente e te leva pra todo canto. 
Também traria a conexão com a internet e a minha amada Hongdae (o point de barzinhos e baladas em Seul. É mil vezes melhor que a Rua Augusta de SP!)

Agora o que eu gostaria que tivesse lá seria, além dos temperinhos maravilhosos daqui, seria a flexibilidade dos relacionamentos das famílias brasileiras. Os pais coreanos são muito rígidos com os filhos e isso traz um impacto muito grande na sociedade deles como um todo. Já ouvi muitas histórias insanas de como os pais tratavam os filhos mesmo estes já estando na faculdade e com idade suficiente pra guiar a própria vida, sem contar no casamento, já que os pais interferem muito. Por isso é dificil pra um coreano e uma estrangeira (ou vice versa) terem um relacionamento firme e realmente se casarem. Mas aos poucos coisas assim estão mudando, já que a Coreia está se abrindo mais para o mundo e assim novos pontos de vista estão sendo levados pra eles. Agora cabe à eles analisá-los e decidir se insere ou não em sua própria cultura. Mas eu espero que certas coisas mudem, tanto aqui quanto lá.



Essa foi a entrevista com Monalisa Borelli! Ela tem um site muito bacana, acessem: https://hasenmona.wordpress.com/ (Instagram: @hansenmona) Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 


Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com


Ma oe! E ai galhéra? Tudo bem com vocês? Hoje resolvi fazer uma pequena homenagem a um cara que escreveu muitas músicas bacanas, David Bowie. Eu fiz um programa especial sobre ele lá na rádio onde eu trabalhava, quatros anos atrás, até me arrepiei quando escutei isso hoje. No áudio eu conto a trajetória deste grande músico e coloco pra tocar algumas de suas mais famosas músicas. Aperte o play: 


Equanto você escuta o programa, vamos nos divertir com os melhores gifs do Bowie que a internet nos proporciona?  Eu selecionei só os engraçadinhos mesmo, até por que eu não postaria nada que fosse ofende-lo. Até por que, também vou colocar minhas fotos engraçadas de fã com a cara pintada, logo a abaixo, no final do post!

 E vamos aos gifs! Esse gif é ótimo pra mandar para aquele seu amigo que sempre faz as melhores caretas e gestos para contar "os causos":




O que o espelho diz pra mim todas as manhãs:




Quanto tentamos ser meigo, e equilibrando um gato na cabeça:


Quando você sente sente o groove no ar:



TEM UM LUGAR DIFERENTE... LÁ DEPOIS DA SAIDEIRA.. 




Ok, como prometido, minhas fotos, tentem não rir:


Tirei essa foto no Museu de Imagem e Som em São Paulo, em uma exposição sobre o David Bowie. 


É, teve cara pintada sim 



David Bowie faleceu aos 69 anos, logo após seu aniversário, durante a luta contra o câncer, em janeiro de 2016. Ele deixou um belo legado de músicas bacanas e acredito que muitas delas continuarão a ser escutadas por mais muitos anos. 

Espero que tenham gostado deste post, fiquem à vontade para ler mais posts como este aqui no SofiaPiassi.com! Um beijo! 




Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com

Oi gente! Aqui estou eu de noooovo na floresta de Lespinasse. Pra quem não sabe, a floresta é perto da minha casa, fica à uns 20min de bike. Deixo aqui o link dos posts pra você que ainda não viu a floresta: floresta na primavera e floresta no inverno

Devido à um acontecimento climático muito louco, agora, no inverno, está "calor", quer dizer, era pra estar nevando pacas, e está 9 graus! Era pra estar nevando pacas, em Nova York também, mas o termômetro de lá marcou 22 graus! Agora voltando ao assunto floresta, vou mostrar pra vocês como estava a floresta no outono, agora no inverno está quase do mesmo jeito, só que com menos folhas nas árvores.

Ah, outra coisa legal, que eu nem tinha reparado quando eu estava batendo fotos por lá, é que eu estou usando uma combinação de tweed, uma tendência lançada pela grife Chanel alguns anos atras.

Eu lembro até que quando eu trabalhava na rádio, eu Bianca e Nataly tinhamos um programa chamado momento fashion, e sempre falávamos das tendência, e eu lembro de já termos feito um programa sobre esse assunto, a mistura de texturas. 

Eu particularmente gosto muito do tweed por que tem um ar vintage, clássico, e é bem quentinho. Eu não vou enrolar muito mais não, por que eu já falei sobre o mix de tweed aqui nesse post: http://www.sofiapiassi.com/2015/03/riviera-francesa-as-vitrines-de-cannes.html. Onde eu mostro as vitrines de Cannes, e os artigos sobre o mix de tweed na revista Vogue e etc... Agora deixo com vocês as fotos tiradas na floresta! Um beijo!













Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

sofiapiassi@gmail.com