A vida de uma estudante de cinema na França


É, faz tempo que não escrevo no blog. 

Desde que as aulas começaram (e estou estou fazendo duplo diploma, então trabalhos em dobro) eu não tenho escrito muito meu querido diário <3

Reprodução

Por coincidência hoje estou de férias. E só me dei conta disso agora de tarde. E claro, eu tenho só duas semanas de férias. Que são na verdade uma pequena pausa pro natal e ano novo. E certamente não terei lá muito tempo por que as duas primeiras semanas de janeiro são de provas finais e eu tenho 3 análises de dramaturgias pra entregar e mais um projeto de documentário sobre a felicidade. MAAAS, quanto mais você trabalha, estuda, se movimenta, mais você quer se movimentar. 

Então já planejei pra fazer de tudo nessas férias, escrever aqui no diário, gravar vídeos, estudar paras as provas, passar tempo com a família e tudo mais.

Voltando ao assunto. Meu diário. Caso você tenha caído aqui de pára-quedas, este blog é meu diário. E tudo bem, todo mundo pode ler. Por que conforme ele foi crescendo, eu fui trazendo coisas legais sobre diversos assuntos interessantes :) Então seja bem vinda(o)

Mas esse post aqui é pra desabafar sobre a minha vida mesmo. Então. Onde eu estava? 

Ah. 

Sim.

Férias. 

Mas antes delas. 

Minha semana: Filmagens. Semana de filmagens. 


(SINGAPURA ESCRITO EM ALEMÃO)

Pra quem não sabe eu estudo cinema. Eu faço pós em cinema e ao mesmo tempo (a história de fazer duplo diploma) estou no último ano da graduação de Arts du Spectacle (que estuda artes, cinema, teatro e dança) aqui na França.

É isso, ano passado eu estava estudando comércio e agora estou aqui. (Já falei pra vocês ano letivo na frança começa e termina em setembro, meio do ano mesmo) 

Pra pós-graduação eu tenho que produzir um filme e também tenho que escrever um roteiro. E pra graduação eu também tenho que fazer um curta metragem, e as filmagens foram esta semana. 

Ah, foi ótimo, gente, eu fiz de tudo. 

Fiz claquete (um fato engraçado: Na França o cara que faz isso é chamado de "clapman" mas nos EUA esse cara é o "clapper-loader")

Inclusive, a claquete não deve ser subestimada. Por que a pessoa que faz claquete está por dentro de todo que se passa, qual plano está sendo filmado de qual sequência. E também qual é e quantos takes estão sendo feitos. 



Eu também fiz o "cadre", em francês a gente chama "Cadreuse" ou seja, câmera woman (Cadreur se você for câmera man) :)  foi legal. A câmera é pesada, cheia de botões e dá um medão só de querer chegar perto, medo fazer merda apertando os botões errados ou medo de quebrar. Mas depois você descobre que não é lá esse bicho de sete cabeças todos não.


O mesmo vale para a iluminação. Depois que você entende a ajustar a abertura (os f alguma coisa que você vai ajustando na câmera até dar tudo certo) e aí você volta ao tripé da luz pra ver se ela tá no laranja ou no azul e vários números vão te dizer se ela vai te dar uma luz quente ou fria.

Sobre o som, eu não cheguei a trabalhar diretamente com o som essa semana. Mas sempre tínhamos 3 pessoas no som. 1 percheman (o cara que segura o cabo com o microfone) 1 com a mesa de mixagem e o professor conectado com a câmera e com os outros dois. Todos eles com grandes fones de ouvido. É só de você fungar o nariz perto deles eles te escutam :)

Fora a claquete, imagens (câmera e iluminação) e o som. Tínhamos a réalisatrice (a diretora do filme) e o assistant-réalisation (assistente da diretora). Como a nossa turma decidiu junto todos os planos que iríamos filmar (ângulos e onde colocaríamos a câmera em cada cena) então de acordo com o professor, a função da diretora era 1: cuidar da direção de ator. Indicar as atrizes o que elas tinham que fazer e como ela queria que elas atuassem, e 2: cuidar da imagem e verificar no monitor se a cena está bonita ou não, afinal o filme é dela então o senso artístico é ela quem faz. Ela e seu assistente assistem tudo em um monitor que parece um tablete e fica posicionado em um tripé no set de filmagens. (Acreditam que eu esbarrei nesse tripé e quase quebrei o monitor? Quase! Mas sem drama. Também, por que tem seguro!)



E por último o assistente, ele que diz "silêncio, motor, câmera, anuncio" e aí a diretora diz "ação". A função dele era garantir que tudo estava em seu devido lugar. Eu particularmente gostei disso. Organizar tudo. Então levei minha prancheta pro set anotei os planos já filmados e planos que faltavam ser filmados do plano de trabalho (uma lista do que vai ser filmado na ordem de logística)

Enfim. Acabaram as filmagens. A equipe foi ótima, <3  a diretora, o assistente, as meninas que fizeram o cadre comigo e também a equipe do som. É muito bom trabalhar com pessoas legais. Eu gostei dessa semana. Fiz de tudo um pouco. Cheguei em casa com aquele cansaço do bem. Sabe, aquele tipo de cansaço que você tem depois que fez tudo direitinho e nada pode tirar esse mérito de você. 




Neste fim de tarde de preguiça e todo tempo do mundo só pra abraçar Clement, fizemos um jantar americano. Nos divertimos. A gente comprou umas coisas americanas no setor internacional do super mercado. E cozinhamos um mac and cheese :)  Um adendo: Eu e Clement assistimos 3 documentários essa semana sobre frutas e legumes e vamos fazer uma detox, então estamos limpado os estoques de comidas não saudáveis aqui em casa. Dai essa essa janta!) 


Um segundo adendo: As junkfoods/porcarias são SUPERESTIMADAS, demais, por que não é la isso tudo. Eu sempre vejo as pessoas fazendo a maior apologia à hamburger e batata frita. E no fin das contas não é la grandes coisas. Um exemplo disso, macaroni and cheese é bom, nada extraordinário. Mas foi divertido faze-lo.

Sempre que dá eu e Clement nos divertimos muito. Hoje a gente estava tentando mirar a panela enquanto jogávamos os macaronis. Clement acertou tudo, todos os que eu joguei caíram fora da panela, e claro, a gente pega de volta e coloca na panela né, por que nem uma grama deve ser desperdiçada, e com comida não se brinca. 

Reprodução
Nunca desperdiçamos nada. Inclusive. Temos até uma música e dancinha que a gente faz toda vez que a gente sai do supermercado cheio de compras na mão. Estava comentando isso com Clement esses dias. Sair com comida do supermercado é motivo de festa, dança e cantoria sim ué. Por que tem tanta gente que não tem o que comer durante dias. Então se a gente tem, a gente pode comemorar. E é isso o que faço, sempre que saio do caixa. E só alegria né? 

Reprodução

Enfim. Por hoje é isso. São 19h28min desta sexta feira 16. Então declaro aberta a temporada de: SOFIA ESTÁ DE FÉRIAS :)

Beajs

AH, Caso você goste de ler, acompanhar blogs no estilo "diário", minha amiga Verônica tem um blog onde a sempre conta sobre a vida nos EUA (http://bonvoyageharlye.blogspot.fr/) Já falei desse blog antes por aqui, é um dos meu blogs favoritos :D




Quer ser meu/minha amigo/amiga? Tem alguma dúvida? Quer acrescentar algo? Quer mandar um beijo pra mim, pra sua mãe ou pra Xuxa? Comente abaixo ou fale comigo por um desses meios: 
Si vous voulez parler avec moi, être mon ami(e), contactez-moi:

Snapchat: @SofiaPiassi


sofiapiassi@gmail.com


0 comentários:

Postar um comentário